quinta-feira, 23 de maio de 2013

Gaspar, o vendedor de fantasias...e desvios

A partida dos investidores para Portugal
Fotografia obtida através de Jürgen Kitler (sim, com K)

Gaspar, excepto na fala que é pastosa, é  dinâmico, activo e prevenido. Corta o cabelo às 7:00 da manhã para evitar perdas de tempo. Usa um tipo de penteado semanal. Sim, só se penteia ao Domingo de manhã, não necessitando de mais pente nem escova no 'corte à inglesa curta' de 2.ª a Sábado. É pontual, embora penoso de ouvir - não há bela sem senão:
Ao estilo de feiticeiro infalível, excepto os desvios por culpa do 'Excel', asseverou:
Palavra de Gaspar é lei.
De súbito, da amada Alemanha do amigo Schäuble, mais concretamente de Hamburgo, um grupo de interessados investidores, nevoeiro adentro, fizeram-se imediato à estrada de bicicleta, a fim de chegar a Portugal dentro de 8 dias (30 de Maio) e no dia 1 de Junho, que é Sábado, se perfilarem às portas do AICEP, a fim de serem os primeiros de muitos investidores a ser atendidos. Mesmo sem saber as condições de apoio do GfW. Se o auxílio é alemão, é bom certamente! 
Ó Martim tem cuidado com a concorrência. Eles vão pagar o 'smn' mais 5 euros e tu ficas sem mão-de-obra, sem T-Shirts para comprar e vender. Vicissitudes da vida de empresário.