segunda-feira, 4 de março de 2013

O 'Público' em queda de qualidade

O 'Público', de que sou assinante, é um jornal em nítida queda de qualidade, nos últimos tempos. Haverá algum fenómeno que explique a deterioração de um dos jornais diários de referência, até agora existentes em Portugal?- o outro é o DN e a oferta fica limitada a dois.
Depois da péssima reportagem e da peça jornalística sobre os 180 mil manifestantes no Terreiro do Paço (?!), o jornal faz destaque com uma notícia com um título que nos chama ignorantes; diz assim:


Peixe transaccionado em lota caiu 7% em volume, mas aumentou em valor
Quem selecciona este tipo de destaques para o jornal 'online'? No fundo, não percebeu que está a chamar estúpidos aos leitores - aos que estiveram na manifestação de Lisboa e à grande maioria de  leitores que sabem que diminuir a oferta de um bem aumenta o preço e o inverso sucede e também é verdadeiro; a mesma ideia se pode ter com as flutuações da procura que causam a variação do preço.
Sugiro que procurem ser mais exigentes ao nível da qualidade das notícias, para estarem em sintonia com a qualidade de alguns autores de artigos de opinião, entre os quais destaco a São José de Almeida e o Miguel Esteves Cardoso.
As notícias criticadas estão ao nível do Vasco Pulido Valente quando está naqueles dias que são mais do que os outros.