sábado, 10 de outubro de 2015

O diletante Sérgio Sousa Pinto demite-se da direcção do PS

Sérgio Sousa Pinto demite-se da direcção do PS, anuncia o 'Público'.
No meu entender, e sem ser militante do PS, como eleitor pergunto:  Também se demitirá do lugar de deputado da AR para que foi eleito? Se não o fizer, o diletante deputado demonstra-se detentor de uma personalidade incoerente, comportamento que, de resto, apenas surpreenderá quem ignora a personalidade irracional da triste figurinha. 
Há dias, junto às Portas da Cervejaria Trindade, em Lisboa, de chapéu branco e a ziguezaguear ao ritmo de vapores, talvez emanados pelo radical etila, lá se exibia o toleirão, sem dar conta do espectáculo burlesco que estava a proporcionar. A políticos destes, os cidadãos imploram que se retirem. Deixem de viver à custa do erário público e façam as suas vidinhas com meios financeiros ganhos de forma que só aos próprios interessam e não sejam lesivos das finanças públicas.  
Sabe lá este idiota o que se viveu em 1975 neste País, quando tinha 3 anos de idade. Leu nos manuais, mas jamais, como eu e muitos, teve a experiência de estar na Alameda Dom Afonso Henriques, em Lisboa, ao lado de Mário Soares.