terça-feira, 10 de novembro de 2015

Puseram os 'pa-li-tós' à direita

No 'facebook', o meu amigo e ex-companheiro do 'Aventar', Fernando Moreira de Sá, a propósito da queda do governo PàF, publicou a seguinte mensagem:

    Ouvido ao meu lado: "Agora as manifestações são de blazer".
A resposta saiu-me de súbito: 
    No Brasil, diz-se de paletó. Tanto que também o fenómeno também é gozado através da frase: puseram os "palitós" à direita.
O maldito AO sempre serve para alguma coisa. Seguindo a teoria, e inspirado na pronúncia carioca, nem eu, nem o leitor ouvirá um cidadão do Rio de Janeiro dizer pa-le-tó, mas sim "pa-li-tó", o que, prescindindo do acento na última sílaba, se transforma em 'pa-li-to'. A direita anda  em maré de azar, nem blazer pode usar.