segunda-feira, 4 de fevereiro de 2013

Também escolheu empobrecer-nos

passos.coelhojpg"Quem escolheu (Franquelim Alves) não foi o CDS nem o PSD. Fui eu e o ministro da Economia. Espero que esse assunto morra depressa porque não tem nenhuma razão de ser", disse o arrogante e impreparado Coelho.
Também escolheu outras e outros, da Leal Coelho no Parlamento ao Relvas no governo. Tudo gente sem mácula. Deveria acrescentar.
Quase asseguro que foi buscar o nome de Franquelim aos ficheiros do PSD, tendo sido fundamental estar integrado na classe de ‘militante recrutável para a governação ou a gestão pública’. Já Barroso o tinha escolhido. É um 'boy' velho, mas um 'boy'.
O Álvaro conhecia-o do QREN e ponto final.
De pendurado na política que só começou a trabalhar aos 37 anos, este cidadão, Coelho, não está habilitado nem tem condições de civilidade e de ética para ser governante; quanto mais primeiro-ministro!
Apetece-me gritar-lhe:
 “Você também escolheu empobrecer-nos” 
e muitas outras coisas que, por respeito pelas próprias, prefiro calar.