domingo, 15 de julho de 2012

Simplesmente o pior!

simply the worst
Fonte: Arrested Motion - obra de Neck Face
Quando, dias a fio, desgraças, menores ou maiores, desilusões, contrariedades desfilam e me magoam a valer; quando, portanto, a vida se afunda em contínuas complicações, o melhor é escarrapachar na tela: ‘SIMPLY THE WORST’, contrariando, no silêncio da pintura, o grito histriónico e histérico, ‘SIMPLY THE BEST’, da Tina Turner.
O aldrabão do governante abarbata-me partes substanciais do salário;  sou professor, e outro do governo diz-me que para o ano posso ficar sem trabalho; a empresa da minha mulher fechou há dois anos e ela não consegue novo emprego; os miúdos, Rita e Rui, já se queixam que nos últimos tempos não têm tido as coisas a que os habituámos. Mal, porventura.
Ora, a minha vida está nesta trapalhada e vou para um ‘Rock in Rio’ qualquer gritar com a Tina: ‘SIMPLY THE BEST’? Vou mas é uma porra, é que vou! Onde vou mesmo é ao atelier do artista e, naquele sagrado caos, mudo e sereno, olho para a obra e medito: ‘simply the worst’. E de mim para mim, lamento: “A puta da vida não poderia estar a correr-me pior.”.