segunda-feira, 3 de dezembro de 2012

Homenagem espontânea a Janis Joplin

Janis Joplin preferiu ser breve na vida. Viveu como ambicionou e a satisfez.
Partiu cedo, mas deixou para sempre este voz poderosa e imortal, não havendo assim tantas que a igualem. Tinha um disco dela à mão e não resisti à tentação de a relembrar. Espontaneamente.