quarta-feira, 7 de setembro de 2011

O inegualável Gaspar

Vítor Gaspar é uma figura peculiar. Muito dedicado à causa nacional e de uma gratidão sem paralelo. Aos jornalistas, agradece atenciosamente todas as perguntas, mesmos as mais incómodas e até as observações pouco amigáveis. Ontem, sucedeu uma vez mais com José Gomes Ferreira, na SIC.
Outra particularidade centra-se na capacidade de ousar iludir e furtar-se ao rigor. Dois exemplos:

Vítor Gaspar garante que não está a ir além da troika
O imposto extraordinário, exceder o limite da troika para os cortes nas depesas de saúde, antecipar 3 meses o prazo da troika de aplicação da taxa máxima de IVA à electricidade são justamente exemplos de que está a ficar aquém da troika. Que troca-tintas!

2) No Público:
Cortes racionais na despesa exigem tempo.
Sim, porque os irracionais são fáceis e imediatos.

O Gaspar, é de facto, uma espécie sem igual.