terça-feira, 26 de junho de 2012

Da hipócrita esperança ao real desespero

passos coelho

Tenho a ideia de que o PM sente que este 1.º ano de governação pode ser o início do fim – mas não da crise como também disse o Gaspar. Para recuperar popularidade, ordenou à máquina ‘laranja’ que jorrasse pelos olhos abundantes jactos verdes, cor da esperança, distribuindo promessas ocas às centenas de milhares de desempregados, cujas vidas se enredam em penoso e real desespero.
Alguém acredita? Lembre-se o que ele disse à jovem da Escola do Forte da Casa, Póvoa de Santa Iria.
(PS: Montenegro, o dos olhos semicerrados, é o militante com maior dificuldade em cumprir cabalmente as ordens do ‘líder’. Paciência! Funcionará em sistema de gota a gota).